Introdução a Ondas

Você já percebeu que podemos identificar quando um ônibus está chegando mesmo de olhos fechados? Você já viu uma ola (onda) num estádio? Podemos explicar esses fenômenos através de propagação de ondas.
A principal característica das ondas é transportar energia sem transportar matéria.

Uma onda é uma pertubação que se propaga transportando energia , sem envolver transporte de matéria. As propagações ondulatórias são classificadas de acordo com a direção da vibração, natureza da vibração e considerando os graus de liberdade para a propagação.
Onda transversal
A vibração do meio é perpendicular à direção de propagação. Exemplo: onda numa corda.

Onda longitudinal
A vibração do meio ocorre na mesma direção que a propagação. Ex: ondas em uma mola, ondas sonoras no ar.

 

Os pontos mais afastados , cristas e vales, determinam a Amplitude da onda.

 

A amplitude é a distância máxima entre a horizontal e uma crista ou vale da onda.

 

Wavelength representa o comprimento de onda.

Phase shift representa a fase da onda.

Altere os ajustes desses parâmetros deslizando os botões para a direita ou esquerda e verifique o comportamento da onda formada.

Ondas unidimensionais
Quando se propagam em uma única direção. Ex: uma perturbação numa corda.

Ondas bidimensionais
Quando se propagam ao longo de um plano (duas direções). Ex: ondas na superfície da água.

Ondas tridimensionais
Quando se propagam em todas as direções. Ex: ondas sonoras.

Ondas mecânicas
São ondas que necessitam de um meio material para se propagar . Ex: onda na superfície da água, ondas sonoras, ondas numa corda tensa, etc.
As ondas mecânicas não se propagam no vácuo.

Ondas eletromagnéticas
São aquelas originadas por cargas elétricas oscilantes. Ex: ondas de rádio, ondas de raios X, ondas luminosas, etc.
As ondas eletromagnéticas propagam-se no vácuo.

 


exercícios extraidos da aula 29 do Telecurso 2000

Para saber mais:

 


Bibliografia e Webliografia: